terça-feira, 29 de Julho de 2014

De 'tiki-taka' tem muito pouco!


O Porto apresentou-se no domingo aos seus associados diante dos franceses do Saint-Étienne. Antes do jogo propriamente dito, os jogadores foram apresentados um a um aos adeptos e aqui destacaram-se as ausências ainda que por diferentes motivos de Varela (pediu para sair!), Mangala (a caminho do Manchester City) e Jackson (deve-se juntar à equipa). No jogo, o Porto iniciou a partida com Fabiano, Danilo, Reyes, Maicon, Alex Sandro, Ruben Neves, Herrera, Óliver, Quaresma, Ricardo e Sami. Na segunda-parte, verificaram-se muitas mexidas.

segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Assustador!

 
 

Estamos somente a dar os primeiros passos na temporada 14/15 mas para os benfiquistas, ao contrário da temporada transacta, existem neste momento tudo menos motivos para sorrir. A qualidade média individual do plantel baixou de forma abrupta e a qualidade do futebol colectivo ressente-se claramente das ausências de Oblak, Garay, Siqueira, André Gomes, Markovic e Rodrigo. Apenas uma vitória contra uma equipa que também se está a "reconstruir", o Estoril. De resto, seguiram-se as derrotas contra Sporting, Marselha e Ajax. Que poderá Jesus fazer para inverter esta situação?

quinta-feira, 15 de Maio de 2014

Benfica, pelo segundo ano consecutivo, perde a Liga Europa


Benfica e Sevilha enfrentaram-se para disputar a final da Liga Europa, após terem eliminado, respetivamente, Juventus e Valencia, e a vitória acabou por sorrir à equipa espanhola, após em 120 minutos de jogo nenhuma equipa ter marcado golo e ter sido a lotaria das grandes penalidades (acabou 4-2) a decidir o jogo.  

sexta-feira, 11 de Abril de 2014

Entre os «grandes»


Não foi fácil mas, com muito trabalho, conseguiu o que tanto ambicionava que era integrar a lista dos grandes treinadores do futebol mundial. Defronta provavelmente aquele que é o melhor treinador do Mundo (José Mourinho) numa meia-final que se antevê bastante competitiva entre as duas equipas mais "guerrilheiras" e que melhor defendem na melhor competição de clubes da Uefa. Mantém a liderança na competição interna e não se avizinha que vá fracassar nas jornadas que faltam. Diego Pablo Simeone, aos 43 anos, prepara-se para realizar uma época memorável à frente do seu tão querido Atlético de Madrid.